10 dicas para otimizar a gestão da sua empresa

O atual cenário de instabilidade política e econômica tem contribuído para muitas empresas fecharem suas portas. Apesar da ideia fantástica, do trabalho árduo e do esforço gigantesco dedicado ao negócio, poucas empresas conseguem ser bem-sucedidas e muitas encerram as atividades antes de completar um ano de vida.

A seguir, 10 dicas para otimizar a gestão da sua empresa.

1 – É importante controlar o fluxo de caixa e não apenas o montante de receitas e de despesas. Muitas vezes, a simples gestão sobre as entradas de recursos e de contas a serem pagas evita a necessidade de se contrair empréstimos e, consequentemente, o pagamento de juros, os quais absorvem recursos vitais para a companhia.

2 – Separe suas contas pessoais e as contas da empresa. Mesmo que você não tenha sócio, trabalhe sozinho, em casa, mantenha o dinheiro em bolsos separados. Misturar o dinheiro da pessoa física ao da jurídica impede a gestão do seu orçamento pessoal e não permite avaliar o desempenho real da empresa.

3 – Tenha atenção ao estoque, quando for o caso. O ideal é manter estoques em níveis mínimos. Ter estoques elevados, com as taxas de juros atuais, são atitudes decorrentes de mau planejamento e controle ineficientes.

4 – É fundamental definir o preço correto do serviço ou produto que sua empresa oferece. Se for muito baixo para atrair clientes, não será suficiente para pagar as contas. Se for muito alto, não será competitivo e o cliente não virá.

5 – A composição do preço deve considerar, basicamente, os custos diretos de produção ou de fornecimento do serviço; os custos fixos e indiretos que independem do volume de venda; preço da concorrência e diferenciais que sua empresa oferece.

6 – Ter um único cliente pode viabilizar a abertura do negócio. Entretanto, essa é uma situação totalmente vulnerável. Ele pode atrasar o pagamento, cancelar pedidos ou encerrar o relacionamento. Seu desafio é dedicar tempo na construção de uma carteira sólida de clientes, conhecer seu negócio e oferecer serviços para agregar valor à sua atividade.

7 – Os colaboradores são essenciais para o bom andamento do negócio. Engajar sua equipe na redução de despesas e na busca de maior produtividade, por exemplo, é muito importante. Isso pressupõe otimização da estrutura organizacional – redistribuição de tarefas, considerando as competências de cada um.

8 – Estimule seus colaboradores a buscarem alternativas de executar processos, em todas as áreas. Estimule-os a enfrentar este cenário e reconheça as melhores opiniões. Assim, sua empresa vai se manter competitiva e se sobressair no mercado.

9 – Inove sempre. Criar diferenciais competitivos é uma estratégia imprescindível para quem lida com a gestão de qualquer negócio e, nos momentos de crise, a inovação continua sendo um caminho natural de seleção dos melhores.

10 – Por fim, uma coisa é certa: não há como tomar decisões acertadas sem contar com informações precisas e confiáveis sobre o seu negócio. Analisando cada setor da empresa é possível verificar se o negócio é rentável, se há algo a melhorar, se há como economizar em determinados processos e como a empresa está reagindo as exigências do mercado. Aposte em ferramentas de gestão como um excelente aliado neste processo.

Fonte: http://jiva.com.br/blog/estrategia/10-dicas-para-otimizar-a-gestao-da-sua-empresa-e-evitar-falencia/