PUBLICADO POR RITA FONTANEZ EM 

 

Blog_Livro_Importancia_de_Perguntar

Ex-aluno do MBA, atual aluno do MPA (Mestrado Profissional em Administração) da FDC e professor convidado da instituição, Luiz Gustavo Vaz de Melo, lançou o livro “A arte de perguntar – o princípio para o sucesso”, no dia 14 de fevereiro, em Belo Horizonte.

Segundo o autor a ideia surgiu naturalmente provocada pela perguntas de seus próprios filhos. Pai de um casal de crianças de sete e oito anos, idades em que as crianças perguntam muito, Luiz se indagou sobre a causa dos adultos pararem de perguntar. “Acredito ser uma questão cultural, resgatamos no livro este histórico do não perguntar para que possamos perguntar novamente”.

Luiz Gustavo destaca que as perguntas “nos faz pensar e, também, faz os outros pensarem. As perguntas focam a nossa atenção e fazem as pessoas ao seu redor terem a mesma reação. Elas geram intimidade, eliminam a preguiça mental, quebram o gelo, motivam as pessoas e ajudam no desenvolvimento cognitivo das crianças”, afirmou.

O livro salienta que as perguntas têm o poder de alterar todo o pensamento e comportamento que ocorre posteriormente. Uma pergunta poderosa ajuda a pessoa a se mover para frente, convida à reflexão e à busca de um significado mais profundo, estimula a curiosidade e a criatividade, convida à exploração, à introspecção e à ampliação de possibilidades. Expande perspectivas, clarifica suposições e traz à luz coisas que estavam encobertas.

Na narrativa, o livro aponta caminhos para que as pessoas desenvolvam sua autocrítica e se libertem do medo de fazer perguntas. Um ponto que o autor chama a atenção é que fazer perguntas inteligentes fazem as pessoas raciocinarem, ajudam na busca de mais motivação interior e da busca de seus sonhos e objetivos. Não são as respostas que movem o mundo e sim as perguntas.

A publicação traz detalhes de como deve ser estruturada uma pergunta, as dimensões de uma pergunta poderosa, as seis regras básicas e as formas de abordá-la.  “As pessoas poderão compreender que o sucesso é o resultado de fazer perguntas melhores, como o Eric Schmidt, CEO do Google, disse uma vez, “Nós gerenciamos esta empresa baseada nas perguntas, não nas respostas”. Ele tinha a clara visão que, se você continua fazendo perguntas, pode continuar encontrando respostas melhores”, concluiu.

Saiba mais sobre o livro